Educação e Apoio à Maternidade


Educação e Apoio à Maternidade


Finalidade

O Projeto Educação e apoio à maternidade (um dos projetos do PROGRAMA CIRANDA DE PAIS) nasceu da necessidade de fortalecer o vínculo das mães com a criança e fortalecer as estratégias educativas da mãe com o bebê /criança em desenvolvimento. O trabalho acontece em pequenos grupos de mães, que são divididas pela faixa etária dos filhos.


Cada grupo de mães tem a condução do trabalho realizada por uma duplas de voluntários. As atividades com as mães são realizadas a partir de uma metodologia de trabalho que contempla 3 etapas: 1. Acolher, 2. Ouvir e Aprender e 3. Partilhar. Os voluntários organizam os encontros mensais, sob as orientações da coordenação do Programa e, buscam apoio em outros profissionais que de alguma forma possam contribuir com o processo educativo/formativo das mães participantes, como por exemplo: enfermeiros, psicólogos, médicos, advogados, assistentes sociais, religiosos, contadores de histórias que desenvolvem atividades sobre a saúde dos bebes/crianças, rotinas educativas de amamentação, de higiene bucal, educação, educação, segurança etc.


O desenvolvimento das intervenções visa propiciar o resgate ou fortalecimento do vínculo entre a mãe e seus filhos. As atividades têm como objetivos: implementar rotinas no dia-a-dia das mães e bebês, contemplando os horários de alimentação, higiene, sono e atividades educativas; estimular os gestos educativos entre as mães e seus bebês; resgatar os sonhos e as novas perspectivas de vida dessas mães; fortalecer a estima de si mesma, sua auto confiança e perspectivas de traçar projetos de vida para si mesmas, para seus filhos (família); fortalecer e estimular o afeto materno e uma aproximação maior da mãe com seu bebê ou filhos maiores no processo de desenvolvimento infantil; promover e fomentar com as mães momentos de reflexão, diálogo e uma boa socialização no espaço de convivência da comunidade: escola, igrejas, etc; estimular e fortalecer a atividades de práticas educativas comuns como o hábito da leitura, pinturas, estímulos às rotinas escolares, rotina de higiene, acalantos, enfim, gestos que permeiam o vínculo das mães com seus filhos, implícitos e explícitos no dia-a-dia através das relações.


Enquanto as mães participam das atividades nessa dinâmica de trabalho as crianças participam de diferentes oficinas com outra equipe de voluntários. A equipe trabalha com as crianças em grupos de acordo com a faixa etária procurando estimular as crianças de acordo com o seu desenvolvimento: bebês de 0 a 2 anos, baby de 2 a 4 anos e crianças de 4 a 14 anos.


RECURSOS NECESSÁRIOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO PROJETO


RECURSOS HUMANOS

Coordenadores do Programa, Voluntários e Profissionais convidados.


RECURSOS MATERIAIS

Café da manhã para as mães/famílias e filhos: Leite- café- açúcar- farinha- ovos- nescau- azeite- pão- margarina- suco

Materiais pedagógicos para as atividades com as crianças de 4 a 14 anos: Jogos pedagógicos, livros, massinha, lápis de cor, canetinha hidrocor, giz de cera, papéis, papel rolão, tinta, pincéis, tesoura, cola branca, cola colorida, cartolina, papel canson, papel crepom.

Materiais para atividades físicas com as crianças: bolas, bambolês, corda, raquetes, bolinha de tênis, e outros.

Materiais para o trabalho com os bebês: Tapete emborrachado, brinquedos para estimulação viso motora, almofadas, móbiles e outros materiais adequados para a faixa de 0 a 2 anos. Fraldas para os bebês tamanhos: P, M, G e GG.




Finalidade

Estimular as competências educativas das mães que se encontram em situação de extrema vulnerabilidade social.


Objetivos

• Conversar com as mães sobre as fases do desenvolvimento infantil de 0 a 6 anos.

• Fortalecer as habilidades maternas de cuidados com a primeira infância.

• Fortalecer o vínculo materno por meio de gestos afetivos com as crianças.

• Reconhecer as estratégias de disciplina e limites de forma afetiva e positiva com as crianças.

• Criar estratégias com as mães de prevenção e proteção nas relações familiares.


Estratégias de Formação

1. Abertura e café - Momento Coletivo

2. Educação e Formação das Mães - Trabalho em pequenos grupos de acordo com a faixa etária das crianças - Momento Individual- Protocolo de Mães

3. Encerramento


Instrumento protocolo de mães

Conhecer ao máximo a realidade das famílias. Por meio da formação das “mães” procurar integrar as famílias aos serviços públicos do Município: EJA, Saúde, PETI, CRAS, CREAS, Formação Profissional e demais serviços.


Local

Centro Vicentino de Educação Infantil Santa Luiza- Vila Torres

Um domingo/mês - Horário: 9h - 11h30


Galeria


Calendário

Agosto 06.08 | Setembro 03.09 | Outubro 01.10 | Novembro 12.11 | Dezembro 03.12

2017 © Todos os Direitos Reservados